Você Sabia?

15 fatos sobre umbigos que demonstram que são uma parte do corpo muito intrigante

Curiosidades 20 fevereiro 2018 Postado por:
Você sabia que a sujeira do umbigo pode acumular tanto que as pessoas confundiam isso com o câncer de pele ? Ou que, apesar da crença popular, nem todos os mamíferos têm um umbigo? O umbigo é uma parte do corpo intrigante. Muitas vezes é negligenciado e, no entanto, às vezes é considerado objeto de fetiche. De qualquer forma, é uma marca de nascença que nos lembra nossas origens. Prepare-se para se surpreender, pois trazemos 15 fatos sobre o umbigo que você provavelmente não sabia. E não perca nosso bônus no final do artigo!

1. Curiosamente, alguns de nós não têm um umbigo!

Você já viu uma fotografia da modelo Karolina Kurkova e se perguntou onde está o seu umbigo? Embora quase todos nós tenhamos um umbigo, um defeito raro chamado hérnia umbilical pode fazer com que você acabe sem um. Nessa condição, os intestinos do bebê puxam a parede intestinal, exigindo cirurgia e deixando o bebê sem um umbigo.

2. Alguns mamíferos também não têm…

A biologia determina que todos os mamíferos devem ter um umbigo, mas a natureza às vezes pode ser peculiar. Alguns mamíferos como cangurus e ornitorrincos não têm umbigo.

3. …mas os golfinhos os possuem!

Porque, embora sejam criaturas marinhas, os golfinhos são mamíferos.

4. Tecnicamente, eles são uma das nossas primeiras cicatrizes.

Um umbigo, independentemente do quão atraente possa parecer para alguns, é tecnicamente uma cicatriz. É formado quando o cordão umbilical, através do qual o bebê é alimentado dentro do útero, é cortado e amarrado após o nascimento.

5. O umbigo de cada um é único.

Existem tantas espécies diferentes de bactérias em nosso umbigo que cada pessoa tem uma composição diferente. Cerca de 2.400 espécies diferentes de bactérias foram descobertas vivendo no umbigo. O umbigo de uma pessoa foi encontrado com uma bactéria previamente descoberta apenas em amostras de solo do Japão, mesmo que essa pessoa nunca tenha visitado o Japão.

6. A maioria começa para fora.

Enquanto a maioria dos bebês começam com umbigos para fora, eles geralmente mudam para um interior enquanto crescem. Apenas 10% das pessoas continuam a ter um para dentro na idade adulta.

7. Uma barriga em expansão pode, às vezes, o umbigo para dentro de uma mulher grávida em um para fora.

Durante a gravidez, quando a barriga de uma mulher se expande para acomodar um feto em crescimento, o umbigo para dentro pode sair e tornar-se para fora. A maioria dos umbigos das mulheres retorna à sua forma anterior após o nascimento.

8. Um estudo descobriu que as protrusões umbilicais (para fora) são vistas como menos atraentes.

Os pesquisadores determinaram que um umbigo para fora é visto como menos atraente, enquanto que um pequeno umbigo em forma de T ou vertical é considerado mais desejável.

9. Aplicações de silicone podem ser realizadas através do umbigo.

As incisões para muitos procedimentos médicos, incluindo o aumento dos seios, são feitas no umbigo. Isso é feito para esconder a cicatriz.

10. Os piercings no umbigo levam muito tempo para cicatrizar.

Os piercings no umbigo podem parecer atraentes, mas antes de decidir obter um, tenha em mente que eles demoram muito para curar. O tempo médio é de 6 a 12 meses. E, se não for devidamente cuidada, pode causar infecções graves.

11. O fiapo do umbigo é repulsiva.

lint - matt smith

Se mantido sujo, o fiapo que se acumula dentro do nosso umbigo é uma mistura repulsiva de fibras de roupas, cabelos e células mortas da pele. Como os homens tendem a ter mais cabelos em torno dessa área, eles têm mais formação de fiapos.

12. Passatempo mais incomum do mundo: coletar fiapos

Por improvável que pareça, coletar fiapos é realmente um hobby. Graham Barker da Austrália possui a maior coleção de fiapos do umbigo, rendendo a ele um lugar no Guinness World Records no ano 2000.

E a artista Rachel Betty Case até faz pequenos ursos de fiapos de umbigo.

13. Hesychasm: meditar olhando para o umbigo

A meditação do umbigo era a contemplação do ventre de uma pessoa, e era usada para acalmar a alma. Os monges cristãos gregos do Monte Athos usaram esse método para obter uma visão mais ampla da glória divina.

14. É uma zona erógena.

A sensibilidade aumentada em torno da área ao redor do umbigo pode estar ligada ao seu status de zona erógena.

O psicólogo Leon F. Seltzer diz: “Do ponto de vista de um homem heterossexual, ver o umbigo exposto e a área circundante pode ser muito atraente. Isso acentua a cintura de uma mulher, suas curvas e traz a beleza e a fertilidade do corpo de uma mulher”. Segundo ele, simplesmente ver a área do ventre pode ativar um gatilho sexual.

15. Mas isso tem sido controverso.

Na década de 1960, os censores impediram as mulheres de mostrar os umbigos na TV. Barbara Eden, que estrelou como Jeannie na popular sitcom estadunidense Jeannie é um Gênio, teve que usar um vestido cobrindo o umbigo por ordem dos chefes da TV.

Bônus: o que o formato do umbigo revela sobre sua personalidade

Embora não existam evidências científicas que liguem a forma do seu umbigo à sua personalidade, existem teorias alegando que sua personalidade e a forma do seu umbigo podem estar ligadas. Surpreendente, não é? Com uma pitada de desconfiança, vamos dar uma olhada no que a forma do seu umbigo pode sugerir sobre sua personalidade.

  • Para fora: caráter forte, ama atenção, perseverante, honesto nos relacionamentos
  • Grande e profundo: generoso, especialista em gerenciar pessoas experientes, prudente
  • Raso e pequeno: cauteloso, secreto, cético
  • Longo e descendente: Inteligente, esperto, inovador
  • Oval: excesso de sensibilidade, impaciente, introvertido, inquisitivo
  • Amplo: cauteloso, honesto nos relacionamentos, corajoso

Que fato o surpreendeu mais? Você conhece fatos mais surpreendentes, mas até então desconhecidos sobre o umbigo? Compartilhe nos comentários abaixo.

Posts relacionados