Você Sabia?

6 regras japonesas para aqueles que querem se tornar mais fortes e saudáveis

Dicas 08 março 2018 Postado por:

O engenheiro japonês e professor de Aikidô Katsuzo Nishi era um menino muito fraco, e os médicos disseram a seus pais que ele morreria antes de completar 20 anos. Para melhorar sua saúde, os pais o enviaram para um mosteiro budista. Ele passou três anos lá, aprendendo diferentes técnicas de meditação e espada.

Ainda procurando outras maneiras de melhorar sua saúde, Katsuzo leu muitos livros contemporâneos escritos por médicos modernos, bem como tratados antigos sobre medicina oriental e europeia. O resultado foi que ele acabou escrevendo sua própria obra na qual ele estabeleceu seu próprio sistema para fortalecer o corpo. O livro foi publicado em 1927, quando o autor tinha 44 anos. Hoje, nós convidamos você a se familiarizar com o sistema de Katsuzo, que ganhou muitos seguidores em todo o mundo desde que foi explicado pela primeira vez há 90 anos.

Regra nº 6. Costas rígidas

Como todos sabemos, a curvatura espinhal pode causar vários problemas para seus órgãos internos. É por isso que é muito importante controlar sua postura durante todo o dia, e mesmo de noite. Katsuzo afirma que manter uma coluna reta permite que você fique 2 cm mais alto, e tem um efeito benéfico tanto no funcionamento dos órgãos digestivos quanto no sistema circulatório.

Regra nº 5. Um rolo sólido em vez de um travesseiro

Os japoneses acreditam que a escoliose do pescoço é uma das primeiras indicações de que a vida de uma pessoa será abreviada. E, embora possamos controlar a posição da nossa cabeça durante o dia, é mais difícil fazê-lo de noite. É por isso que Katsuzo recomenda obter um travesseiro sólido ou um rolo e colocar a 3ª e 4ª vértebras do pescoço nele.

Inicialmente, um rolo causará algum desconforto, e é por isso que você pode envolvê-lo em algumas camadas de tecido e, em seguida, removê-las uma a uma.

Regra nº 4. O exercício do peixinho dourado

  • Deite-se diretamente sobre uma superfície dura.
  • Estique as mãos para cima.
  • Coloque suas solas perpendiculares ao chão.
  • Estique sua sola esquerda para a frente e sua mão esquerda sem removê-las do chão. Repita as mesmas ações para a sola e mão direita. Repita o exercício por dois minutos.
  • Coloque as mãos cruzadas debaixo do pescoço, cruzando-as contra a 3ª e 4ª vértebra. Junte suas pernas e abra levemente seus pés para os lados. Mova os pés para a esquerda e para a direita para que o corpo vibre. Repita o exercício por dois minutos.

Regra nº 3. Melhorando a circulação capilar

  • Deite-se sobre uma superfície dura e plana.
  • Coloque um rolo sólido sob a 3ª e 4ª vértebras do pescoço.
  • Levante as pernas e os braços, dobre ligeiramente os cotovelos e os joelhos, e relaxe o máximo possível.
  • Agite seus braços e pernas. Repita este exercício por 1-3 minutos.

Regra nº 2. Unindo suas palmas e solas

Posição inicial: deite-se sobre uma superfície dura e plana e coloque um rolo sólido sob a 3ª e 4ª vértebras do pescoço. Dobre os joelhos sem removê-los do chão e junte às solas dos pés. Repita o exercício 10 vezes.

  1. Junte suas palmas perpendiculares ao seu corpo e pressione a ponta dos dedos de ambas as mãos juntas. Repita as mesmas ações, mas dessa vez pressione juntos as suas palmas inteiras. Mantendo as palmas pressionadas juntas, levante as mãos e depois coloque-as de volta no seu plexo solar.
  2. Coloque as palmas das mãos (enquanto elas ainda estão juntas) atrás da cabeça, sem alterar sua posição. Em seguida, coloque-as de volta no seu plexo solar.
  3. Coloque suas palmas (enquanto elas ainda estão juntas) de volta ao seu plexo solar, e mova-as para as pernas. Mova suas mãos para a frente e para trás, do peito até a virilha 10 vezes. Em seguida, levante suas mãos juntas perpendiculares ao seu plexo solar, mova para as pernas e, em seguida, coloque-as atrás de sua cabeça.
  4. Coloque suas mãos de volta no seu plexo solar, levante suas palmas e comece a mover as pernas para frente e para trás, mantendo suas solas unidas.
  5. Combine os movimentos das mãos e das pernas. Se sentir alguma dor, reduza a quantidade de repetições que você faz. Volte para a posição inicial e descanse com os olhos fechados por 10 minutos.

Regra nº 6. Um exercício para coluna e estômago

Posição inicial: sente com as pernas cruzadas e cruze sua sola “superior”; abaixe seu ombro um pouco. Repita cada exercício 10 vezes. Após cada exercício, execute o seguinte: estique os braços na sua frente, perpendicular ao chão. Incline a cabeça para a esquerda e olhe para suas costas. Faça o mesmo do lado direito. Execute as mesmas ações com as mãos para cima.

  1. Mova os ombros para cima e para baixo sem mudar a posição de seus braços.
  2. Mova suas mãos de volta para a posição inicial e dobre suavemente a cabeça em direção ao ombro esquerdo, e repita o exercício para o ombro direito.
  3. Coloque as mãos na sua sola e levante a cabeça, esticando o seu queixo. Em seguida, abaixe a cabeça para que seu queixo toque seu peito.
  4. Levante os braços para os lados, mantendo-os paralelos ao chão e dobre os cotovelos. Junte as mãos na frente do seu rosto, gire suas costas e toque seu peito com seu queixo. Em seguida, abra as mãos para os lados, coloque as omoplatas juntas, endireite suas costas, jogue sua cabeça para trás e segure esta posição por 7 segundos.
  5. Sente-se na posição inicial e repita o 1º exercício, movendo os ombros para cima quando você inalar e para baixo quando expira.
  6. Permanecendo na posição inicial do exercício para costas e estômago, curve-se para a esquerda e para a direita, esforçando-se e relaxando o estômago por 10 minutos.

Katsuzo Nishi tinha certeza de que tudo o que precisamos para ser saudáveis ​​já está presente em cada um de nós. Nós só precisamos parar de ser preguiçosos e usar os recursos inestimáveis ​​que temos.

Você tentará aplicar esses métodos? Ou você já pratica exercícios diferentes e interessantes você mesmo? Compartilhe conosco!

Posts relacionados