Você Sabia?

Você Sabia?

8 princípios de nutrição que fazem do Japão uma das nações mais magras do mundo

Os japoneses detêm um recorde absoluto de expectativa de vida. Além disso, eles são considerados a nação mais magra do mundo, porque apenas 3% dos moradores sofrem de obesidade. Sua atitude especial em relação à nutrição desempenha um papel considerável nessa situação. Existe um sistema especial de nutrição que é recomendado pelo governo e é usado ativamente no Japão. Foi desenvolvido em 2000 por vários ministérios e é famoso pelo nome de “guia de comida japonesa pião” (brinquedo popular de crianças).

Decidimos descobrir o que é recomendado aos japoneses para comer e como eles devem estruturar suas dietas. Então, aqui estamos nós, prontos para compartilhar os resultados com você.

  • A principal característica do “guia japonês de comida” é a predominância de carboidratos sobre baixas quantidades de gordura. Também é recomendado reduzir a quantidade de sal, alimentos processados, doces e bebidas que contenham muito açúcar.
  • Todos os produtos são divididos em vários grupos – cada um deles tem um número recomendado de porções por dia (o tamanho das porções depende da idade e sexo de uma pessoa). A base da dieta é cereais e grãos, que são seguidos por legumes (frescos, processados ​​e em sopas), carnes e pratos de peixe. Frutas e produtos lácteos são sugeridos em duas porções por dia.

  • Não só é importante o que comemos, mas também como o comemos. É tradicional para os japoneses aproveitarem as refeições. Além disso, recomenda-se encontrar um ritmo ideal para o seu corpo e segui-lo, tentando fazer refeições aproximadamente ao mesmo tempo diariamente.
  • A dieta é focada em produtos locais e sazonais, como arroz ou peixe, com a rara exceção de incluir pratos internacionais.
  • Cada refeição deve ser bem equilibrada e conter produtos de vários grupos alimentares. Por exemplo, um almoço típico no Japão consiste em arroz, carne ou peixe, sopa de missô, um copo de leite e uma fruta.

  • A atitude consciente em relação à nutrição é formada a partir do ensino fundamental. O almoço não é uma pausa, mas parte integrante da educação. Durante a hora do almoço, ninguém apressa as crianças da escola e, depois de terminar o almoço, as crianças limpam as mesas.
  • É importante ter refeições moderadas, bem como manter um equilíbrio entre a quantidade de comida ingerida e as calorias gastas. Este último é alcançado por diferentes atividades físicas.
  • Manter comida pronta por um longo tempo e cozinhar antecipadamente não é algo considerado saudável no Japão. O foco está sempre em produtos frescos.

Como você pode ver, o sistema nutricional do povo japonês é transparente e compreensível. Dê preferência a produtos frescos e pratos da sua culinária nacional, limite a quantidade de gorduras e doces consumidos e relacione-se com tudo o que você come conscientemente. Apesar de ser simples, essas regras funcionam de forma muito eficaz. Os resultados da pesquisa foram confirmados e até publicados em 2016. Durante essa pesquisa, um grupo de cientistas japoneses estudou hábitos alimentares de quase 80 mil japoneses por 15 anos. Descobriu-se que a taxa de mortalidade foi 15% menor entre as pessoas que seguem as recomendações oficiais de nutrição.

Você concorda com as recomendações do governo japonês? O que ajuda você a ficar em boa forma? Por favor, compartilhe seus segredos nos comentários!

CONTINUAR LENDO

Posts relacionados