Você Sabia?

Você Sabia?

9 avanços científicos que vamos testemunhar nos próximos anos

Ultimamente, a ciência desenvolveu-se significativamente e trouxe muitas realizações benéficas em todos os campos. E quando você pensa que quase tudo já foi descoberto e estudado, cientistas autônomos e grandes empresas apresentam projetos e idéias ainda mais ambiciosos. Alguns querem conquistar o espaço exterior; outros querem curar e prevenir doenças para milhões de pessoas. Reunimos para você 9 realizações incríveis no campo da ciência. Alguns deles estão se tornando uma realidade no próximo ano!

9. Wi-Fi mundial

Mais de 50% das áreas rurais do mundo na Europa, África e Ásia ainda não têm conexão de internet confiável de alta velocidade. Alguma vez você já se perguntou se o acesso à internet será mundial algum dia? Com o apoio do Virgin Group, a OneWeb tornará possível em apenas 10 anos. De acordo com Greg Wyler, fundador da empresa, eles estão construindo uma nova infra-estrutura de conhecimento global acessível a todos, particularmente nas áreas rurais.

Em 2018, eles planejam lançar 10 satélites que se tornarão os primeiros pedaços deste satélite que circunda a Terra. A empresa planeja trazer o acesso à Internet para cada escola, lar ou centro de saúde em 2022. Até 2027, com 900 satélites em órbita, eles vão superar a divisão digital em todo o mundo.

8. Uma máscara que permite sentidos “super-humanos”

Todos os super-heróis usam máscaras, escudos e trajes de ferro, mesmo aqueles que não possuem superpoderes. O progresso tecnológico provou que hoje qualquer pessoa pode se parecer com um super-herói ou, pelo menos , melhorar seus sentidos de visão e audição. Nada mal para um não-X-Men. Desenvolvido por estudantes do Royal College of Art em Londres, a máscara chamada Eidos aguça a forma como vemos e ouvimos o mundo que nos rodeia.

Eidos Audio Mask pode ampliar sons específicos e bloquear o ruído de fundo usando um microfone direcional. Ele permite ao usuário ouvir as vozes que eles querem. Esta máscara terá um impacto prático importante para pessoas com problemas de audição ou aqueles que têm dificuldade em se concentrar em um ambiente ruidoso.

7. O Projeto do Terceiro Polegar

Mãos pequenas? Não mais! Dani Clode, um designer de Nova Zelândia, com sede em Londres, apresenta um novo projeto “thumbs up” sob a forma de um dedo extra impresso em 3D com controle nos pés para sua mão. Tudo o que você precisa fazer é anexar uma pulseira e ajustar 2 sensores de pressão em suas botas. Eles se comunicam com o Thumb via Bluetooth e respondem a todos os movimentos.

De acordo com Clode, ela sempre esteve interessada em próteses e queria entender a conexão entre o usuário e o membro. O seu protótipo do Terceiro Polegar tem um futuro promissor na música, na medicina e em todos os campos em que uma pessoa precise manusear algo. O projeto de Clode serve para ampliar a capacidade, não para consertar a deficiência.

6. Ensaios de medicamentos contra a AIDS

O mundo está esperando que isso aconteça por décadas. Finalmente, um avanço científico oferece esperança para a criação de uma vacina contra a AIDS. Aids afeta mais de 36,7 milhões de pessoas em todo o mundo. De acordo com a  revista Science, cientistas dos Institutos Nacionais de Saúde conseguiram criar um anticorpo que ataque o HIV de 3 lados, criando assim a possibilidade de desenvolver a vacina e lidar com a doença no futuro.

A pesquisa de laboratório mostrou que mesmo o HIV, conhecido por sua capacidade de mutar muito, pode ser espancado por esses anticorpos. Se os anticorpos são classificados como seguros para as pessoas, até o final de 2018 o medicamento será usado como tratamento para pessoas que já vivem com HIV / AIDS. No caso de resultados de testes positivos, o medicamento aparecerá no mercado nos próximos 3-4 anos.

5. Lentes de contato inteligentes do Google

Parece que o Google não vê fronteiras no mundo das tecnologias e traz à vida coisas sobre as quais estamos sonhando há anos. Juntamente com o gigante farmacêutico Novartis, o Google vem desenvolvendo um protótipo para uma lente de contato inteligente há 3 anos. O objetivo principal do dispositivo é encontrado no campo da medicina: a lente pode medir os níveis de glicose em lágrimas usando um pequeno chip sem fio. Que grande avanço para aqueles que sofrem de diabetes!

Pesquisadores do Google X corajosamente decidiram criar “chips e sensores tão pequenos que se parecem com pedaços de brilho e uma antena mais fina do que um cabelo humano”. Eles estão testando os protótipos agora, mas já podemos ver muitas possibilidades de uso.

4. Pílula de detecção de câncer de Google X

Como eles não fizeram o suficiente, certo? Os laboratórios do Google X têm tentado entrelaçar remédios e nanotecnologias há muitos anos. A nanotecnologia é um campo de estudo complexo que pode levar a medicina moderna a um novo nível. Os laboratórios estão trabalhando em uma pílula nanopartícula que pode ajudar a identificar e prevenir câncer e até doenças cardíacas.

De acordo com Andrew Conrad, chefe de ciências da vida no laboratório de pesquisa do Google, as nanopartículas requerem pesquisas complexas e profundas porque podem prejudicar o corpo humano, se não forem controladas adequadamente. Antes de criar um protótipo, o Google X terá que enfrentar os desafios de provar a segurança das pílulas de nanopartículas. No entanto, vale a pena esperar.

3. A China planeja aterrisar no lado escuro da Lua em 2018.

Em 2016, a China iniciou oficialmente um  novo estágio de exploração lunar e estabeleceu um objetivo de pousar no lado escuro da Lua em 2018. Eles planejam enviar a lâmpada Chang’e-4 para o outro lado da Lua, que nunca foi explorada pelos humanos. Na verdade, seus planos para as explorações da Lua são bastante ambiciosos, e já estão planejando o lançamento da missão Chang’e-5.

1. Transplante de cabeça

Por mais de 35 anos, os médicos e cientistas mais brilhantes do nosso planeta tentaram curar paralisia e mudar a função da medula espinhal para melhor. Se tivessem conseguido, eles poderiam realizar um transplante de cabeça. Mas não o fizeram.

O futuro é agora! O Dr. Sergio Canavero, diretor do Grupo de Neuromodulação Avançada de Turim, está pronto para realizar o primeiro transplante de cabeça humana . Ele quer cortar a medula espinhal, repará-la e depois usar estimulação magnética. Sua equipe planeja realizar as provas usando cadáveres. O custo estimado de tal operação é de quase US $ 16 milhões. No entanto, Canavero tem trabalhado com pacientes da China e da Rússia e acredita que ele irá realizar a operação com um paciente chinês devido a mais esperanças de financiamento.

 

CONTINUAR LENDO

Posts relacionados