Você Sabia?

12 fatos pouco conhecidos que podem salvar vidas um dia

Qualquer um pode encontrar-se em uma posição quando muito está em jogo. Entrar em pânico, implementar a ordem errada de ações ou subestimar a gravidade da situação pode levar a consequências muito ruins. E muitas vezes, é devido a falta de conhecimento. Nós nos preocupamos de verdade com nossos leitores, então fizemos uma lista de fatos que podem ajudá-lo a agir racionalmente em uma situação crítica e salvar vidas, a sua e a de outras pessoas.

Usando vários detergentes

AGORA / 15 MINUTOS DEPOIS

Nunca use alvejante com outros detergentes à base de amônia ao mesmo tempo no mesmo cômodo. A mistura dos gases faz uma cloramina gasosa tóxica que pode causar alguns sintomas desagradáveis ​​e, em alguns casos, é até perigosa para a sua saúde. A amônia é frequentemente encontrada em detergentes para janelas e espelhos.

Tontura sob a água

Se você estiver em uma situação em que não sabe onde está a superfície da água e estiver submerso(a), solte algumas bolhas de ar e observe aonde elas vão. As bolhas vão subir de qualquer maneira e tudo o que você terá que fazer é segui-las.

Ficar com o carro preso no meio do nada

Se você não tem como enviar sinais, você pode usar um pneu da roda sobressalente do seu carro. A fumaça da borracha será vista a vários quilômetros de distância e alguém definitivamente notará. O que você nunca deve fazer é andar para longe do carro à procura de ajuda. Muitas vezes, o carro é encontrado em primeiro lugar e, em seguida, o motorista que morreu é encontrado a vários quilômetros de distância.

É melhor não deixar frigideiras ou fritadeiras no fogo sem supervisão. Mas se um incêndio já começou, não tente apagá-lo com água: ele só tornará o fogo mais forte. É melhor colocar bicarbonato de sódio ou cobrir o fogo com uma tampa que cortará o suprimento de oxigênio.

Identificando uma pessoa que está se afogando

Pessoas que se afogam geralmente não parecem estar com problemas. Elas não gritam por socorro e não fazem barulho atraindo a atenção de todos. Se alguém está realmente se afogando, eles geralmente estão tão exaustos que não conseguem gritar e, quando a cabeça deles aparece acima da superfície, só têm tempo suficiente para conseguir ar para respirar, não para gritar. Normalmente, a cabeça está inclinada para trás e eles continuam submergindo várias vezes. Se o cabelo for comprido, geralmente fica no rosto, os olhos ficam desfocados e os movimentos são lentos e irregulares.

A regra do boca a boca

Se você tiver que realizar boca a boca e a pessoa não estiver acordando, você não deve parar de fazer isso até a ambulância chegar. Nesse caso, a pessoa terá zero chance de sobrevivência se o cérebro não tiver oxigênio. Muitas vezes, o objetivo do boca a boca não é fazer com que uma pessoa volte à vida, mas preservar o cérebro antes que os profissionais cheguem.

O mínimo necessário de força física

Cada pessoa deve ser capaz de fazer pelo menos uma barra. Você pode estar em qualquer situação perigosa, pendurado(a) de um penhasco ou cair de um barco. Este é um mínimo absoluto de força física. O equívoco popular é que, nesta situação, a adrenalina irá ajudar e aumentar sua força. Mas a adrenalina não é tão útil. Se uma pessoa não pode fazer uma barra na vida real, quase não há chance de que ela seja capaz de fazer isso em uma situação crítica.

Encontro acidental com um animal selvagem

Qualquer arranhão ou mordida de um animal selvagem pode levar à raiva. Dentro de 10 a 15 dias, você deve desinfetar a ferida e depois consultar um médico imediatamente. Cada hora que você perde diminui suas chances de sobrevivência. Esta doença infecciosa é quase impossível de tratar se passar muito tempo.

Tocar um objeto eletrificado

Se você tocar um objeto com o lado interno da palma da sua mão, a eletricidade fará com que o punho aperte e você não será capaz de se afastar. Nessa situação, é melhor tocar em algo com as costas da palma da mão – assim, será mais fácil tirar a mão.

Uma grande tempestade

A teoria de que um relâmpago não atinge o mesmo ponto duas vezes é um equívoco. A probabilidade do segundo ataque é bem alta, então tente ficar mais longe do centro da tempestade (mas não corra). É melhor se deitar em algum tipo de área profunda, porque raios geralmente atingem lugares mais altos. Além disso, livre-se de quaisquer objetos de metal e do seu celular. Se um relâmpago estiver prestes a atingir, você sentirá metal na boca com 3-4 segundos de antecedência e os pelos do seu corpo começarão a se mover. Sente-se, coloque os pés um contra o outro e coloque as mãos nos joelhos.

Atravessando rodovias

Se você está atravessando uma rodovia e vê a luz do sol no pára-brisa de um carro, é bem possível que o motorista não esteja vendo você. É melhor deixar o carro passar mesmo que as regras digam o contrário.

Sempre feche o nariz se você estiver pulando em um corpo de água com os pés para a frente. Isso ocorre porque a água pode conter microrganismos muito perigosos, como Naegleria fowleri. Se entrarem no nariz com muita água, podem entrar no cérebro e causar meningoencefalite amebiana primária, que leva à morte em quase 100% dos casos. Mas se você engolir esses organismos, nada acontecerá.

Bônus: a regra de 5 segundos

Todos nós já ouvimos falar (e talvez até tenhamos usado) a regra que diz que a comida que caiu no chão ainda pode ser apanhada e consumida sem colocar em perigo a sua saúde se tiver sido por menos de 5 segundos. No entanto, os germes provavelmente não seguem essa regra, de acordo com vários estudos. Alguns cientistas também concordam que o risco é mínimo, mas isso não significa que seja completamente seguro.

Já aconteceu algo assim com você ou seus parentes? O que mais você pode recomendar que pode salvar vidas?

Continuar lendo

Posts relacionados