Você Sabia?

15 mulheres fortes que foram corajosas o suficiente para mudar o mundo

Estudos mostram que as mulheres são o sexo forte. Elas amadurecem mais rápido no útero, elas são capazes de viver mais do que os homens em condições extremas (epidemias, fome), elas superam os homens em testes de QI… E não se trata apenas de dados estatísticos. Existem dezenas de exemplos e histórias vivas que podem nos inspirar. Queremos mostrar-lhe mulheres fortes e amáveis com um caráter sólido e moldado, cujas ações e conquistas não nos deixam indiferentes.

1. Kathrine Switzer foi a primeira mulher oficialmente registrada a correr a Maratona de Boston. Um representante dos organizadores tentou impedi-la

2. Irina Rodnina é a patinadora de par com mais sucesso, campeã de 3 Jogos Olímpicos sucessivos e 10 Campeonatos Mundiais. Na infância, ela teve pneumonia 11 vezes

3. Lella Lombardi é a única mulher que marcou pontos no Campeonato Mundial de Fórmula 1

4. Kay D’Arcy trabalhou toda a sua vida como enfermeira. Aos 69 anos, ela decidiu realizar seu sonho de ir para Hollywood. Ela foi oferecida o papel principal na série Agent 88, 10 anos depois

5. Smaranda Brăescu é uma pioneira da aviação e paraquedismo. Ela foi uma das primeiras mulheres do mundo que conseguiu uma licença de paraquedismo

6. Laura Bassi foi a primeira professora em uma universidade e oficialmente autorizada a lecionar

7. Julie Creffield foi informada de que ela era gorda demais para correr. Agora ela é uma maratonista, escritora e palestrante motivacional

8. Sofia Kovalevskaya, uma pioneira em matemática, entrou em um falso casamento para ir ao exterior e estudar em uma universidade

10. Ruby Bridges tornou-se a primeira criança afro-americana a frequentar uma escola toda branca. Ela foi protegida por agentes federais, posto em prática pelo presidente Dwight Eisenhower

11. Sophia Amoruso fundou a loja de moda online Nasty Gal e tornou-se uma das mulheres mais empreendedoras mais ricas do mundo em 2016. Até uma série de TV foi filmada com base em sua autobiografia. Na infância, ela foi diagnosticada com TDAH e depressão

12. Annie Smith Peck, um membro fundador do American Alpine Club, era uma montanhista que escalou montanhas mesmo com a idade de 82 anos. Em 1895, seu traje de escalada desencadeou um debate na imprensa, já que as mulheres não podiam usar calças em público

14. Nellie Bly fingiu loucura para entrar em um hospital psiquiátrico feminino. Ela passou 10 dias lá e escreveu artigo expondo o tratamento desumano de pacientes mentais. Ela também viajou ao redor do mundo em 72 dias

15. Rosa Parks foi uma ativista do movimento dos direitos civis nos Estados Unidos. Ela foi presa por não desistir de seu assento para um passageiro branco na “seção colorida” do ônibus

Qual das mulheres fortes acima te inspirou mais? Quem você incluiria nessa lista? Compartilhe sua opinião conosco nos comentários abaixo.

Continuar lendo

Posts relacionados