Você Sabia?

7 coisas no Japão que podem surpreender visitantes de primeira viagem

Se você sonha em visitar o Japão, então provavelmente sabe que nesse país as coisas são realmente diferentes daquilo a que você pode estar acostumado. Claro, isso poderia ser dito sobre quase qualquer país, mas o Japão ainda é bastante especial.

Por exemplo, aqui você pode obter uma ampla gama de serviços a qualquer hora do dia e da noite em uma mercearia regular, mas você pode não ter permissão para visitar uma sauna se tiver tatuagens. No Japão, existem muitas regras, mas a mais importante é não causar problemas para outras pessoas. Reunimos várias dicas que podem ser úteis para quem vai ao Japão.

7. Hotéis cápsula

Como você provavelmente sabe, hotéis regulares no Japão são extremamente caros e ficar em um quarto de albergue com pessoas que você não conhece não é para todos. Então, a menos que você seja claustrofóbico, há uma saída – hotéis cápsula. Eles são relativamente baratos, mas ainda são privados o suficiente. E eles parecem super futuristas!

Konbinis são pequenas lojas 24 horas que estão por toda parte. Você pode comprar um monte de coisas diferentes, incluindo alimentos cozidos e outros produtos e serviços. Você pode reconhecer essas lojas facilmente por suas placas: elas geralmente são parte da 7-Eleven, Family Mart, Ministop e Lawson.

Ao contrário de muitas lojas regulares, as konbinis não apenas vendem produtos básicos, mas também permitem que você faça uma fotocópia, envie ou receba um pacote, pague contas ou compre um bilhete de avião ou de show.

É muito legal que essas lojas ficam felizes em esquentar a comida que você compra lá (a propósito, a qualidade é incrível) e também lhe dão temperos e guardanapos de graça. E se você está apenas andando na rua e de repente precisa de um banheiro, você pode usar banheiro em konbinis, que são sempre grátis e limpos.

Há outro tipo de loja onde você pode encontrar uma ampla gama de produtos por apenas 100 ienes (que é um pouco mais de US$ 1, incluindo impostos). Você pode comprar lanches, detergentes, cosméticos, brinquedos, roupas, sapatos, lembranças e muitas outras coisas.

A qualidade é incrivelmente alta considerando o preço. Não é surpreendente que as lojas de 100 ienes sejam realmente populares entre estudantes estrangeiros e turistas com um orçamento limitado, porque é uma ótima maneira de economizar dinheiro em coisas muito básicas.

4. Ao comprar coisas, não se esqueça do imposto

Ao comprar algo no Japão, você deve se lembrar que o preço pode não incluir o imposto que atualmente é de 8%, (em 2019 será aumentado para 10%). Portanto, tenha cuidado para evitar um mal entendido ao pagar a conta em um restaurante, por exemplo.

Mas se você gastou mais de 5 mil ienes em compras (excluindo o imposto), você pode receber o imposto. Além disso, no Japão, há muitas lojas sem impostos. Você pode encontrar suas localizações aqui.

Alguns fabricantes costumam apresentar pequenas lembranças para convencer um comprador a comprar seu produto. Você pode ver tais lembranças na foto acima – está anexado a uma garrafa de chá.

Os japoneses acham que o espaço fora da casa é muito sujo, então você deve sempre tirar os sapatos antes de entrar na casa de alguém. O mesmo vale para alguns outros lugares: hotéis tradicionais japoneses, templos, centros comunitários, escolas e alguns restaurantes. Se você estiver indo visitar algum lugar pela primeira vez, certifique-se de ver se há placas que exigem que você tire os sapatos.

No Japão, há um tipo especial de sapato para visitar o banheiro, porque é considerado sujo, ao contrário do resto da casa. Além disso, eles não vão deixar você entrar em um templo se você estiver usando seus próprios sapatos, mas andar descalço também é proibido, então pegue um par de meias.

2. Se você planeja passar muito tempo no Japão, adquira um “pacote de emergência” caso encontre mau tempo

Se você estiver indo para visitar esse país, você deve pensar em se preparar para desastres naturais como furacões e terremotos. Muitos japoneses têm um kit de emergência caso algo assim aconteça. Você pode vê-lo na foto acima.

O kit de emergência inclui alguns produtos de limpeza, alimentos e outras necessidades. É claro que esperamos que você não precise de nenhuma dessas coisas, mas ainda assim vale a pena conhecer essas informações.

1. A coisa mais importante que você deve lembrar no Japão é o princípio “nada de problemas”

Ao falar sobre o Japão, é difícil não mencionar o fato de que as pessoas não gostam de causar problemas para os outros. Desde os tempos antigos, as pessoas no Japão viviam em pequenos territórios e não havia espaço suficiente para todos. Então eles estão acostumados a não causar problemas para os outros.

Claro, isso significa que existem muitas regras que a maioria das pessoas segue. Por exemplo, os japoneses não falam ao telefone em voz alta em nenhum lugar público. E nos shoppings, você pode ver placas alertando as pessoas contra o fato de ficarem deitadas nos sofás por um longo tempo.

Então, no Japão, você não deve pensar apenas em si mesmo, mas também nas pessoas que você não conhece. Pensamos que esse princípio também deveria ser adotado por outros países. Você concorda?

Quais dessas coisas sobre o Japão mais lhe impressionaram? Conte-nos na seção de comentários abaixo.

Source :

BrightSide

Continuar lendo

Posts relacionados