Você Sabia?

8 das línguas mais bizarras faladas no mundo

Mundo 02 agosto 2018 Postado por:

Alguns dizem que o japonês é difícil de entender e aprender. Outros dizem que é o alemão. Isso certamente não é completamente falso, mas ainda assim esses idiomas em nada se comparam com as línguas mais bizarras do mundo.

Preparamos um top 8 com os idiomas mais estranhamente estranhos que você jamais sequer imaginou existir. Você sabia da existência de dialetos bizarros? A não ser que você seja um linguista, apostamos que não. Então prepare-se porque as línguas mais bizarras do universo estão logo abaixo no post.

1 – O? XOo (também chamado taa) – Essa é uma das línguas mais bizarras que existem

Pertencente à família de línguas khoisan, falado principalmente em Botswana e Namíbia, ? XOo é conhecida como a língua viva com o maior número de fonemas.

De acordo com fontes, o ? XOo tem uma escolha de 58 consoantes, 31 vogais e quatro tons, ou 87 consoantes, 20 vogais e duas entonações. Em ambos os casos, você não ficará surpreso em saber que os pesquisadores em linguística estão lutando para entender isso que chamam de idioma.

Você arriscaria aprender essa língua que nem ao menos é entendível o nome?

2 – O Artchi

Essa é uma linguagem caucasiana do grupo de línguas lezgicas e da família de línguas nakho-daghestan. O artchi é falado na região do Daguestão na Rússia.

Sua pequena característica é ter em sua conjugação 1.5 milhões de possíveis finais. Por exemplo, em artchi, o verbo termina com -cugu para expressar dúvida, -ra quando pensamos que estamos falando sobre o que estamos falando e quando temos certeza de que aconteceu.

Bem, existem apenas 1000 pessoas que falam o artchi. Se você se candidatar para tentar ao menos entender essa, que é uma das 8 línguas mais bizarras do mundo, serão 1001 pessoas fluentes em… “artchinês”?

3 – O Silbo

O silbo é a língua assobiada dos Gomeros, os habitantes da ilha de La Gomera nas Canárias.  Acreditem ou não, ela foi incidentalmente classificada como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade.

Cada palavra é assobiada de uma forma muito específica. O vocabulário é necessariamente um pouco restrito, mas saiba que não impede ter toda uma conversa em silbo.

Para o registro, a gama de assobios de silbo pode alcançar 8 a 10 km. Prático quando você esqueceu-se de dizer algo para alguém e já está distante e sem celular para fazer uma ligação. Se essa não é uma das línguas mais bizarras do mundo, não sabemos mais qual é.

4 – Rotokas

Falado por 4000 pessoas na ilha de Bougainville em Papua Nova Guiné, o rotokas tem a reputação de ser a língua com menos fonema do mundo. Isso porque uma vez que existem apenas 11 para um alfabeto de 12 letras.

Rotokas também tem a distinção de não conter qualquer fonema nasal, ao contrário da maioria das outras línguas do planeta. Isso torna obviamente uma linguagem particularmente difícil de aprender para o turista básico que inevitavelmente terá um sotaque mais ou menos acentuado.

Imaginem só vocês… Se tem gente que fica com preguiça de começar as temíveis aulas de inglês, imagina ter aulas de rotokas, que é uma das línguas mais bizarras que já tivemos conhecimento?

5 – Os Pirahã

Os Pirahãs são membros de uma tribo de caçadores que vivem às margens do Rio Maici, na parte brasileira da Amazônia. Eles tinham apenas 340 anos em 2004 e sua cultura está claramente em risco de extinção. A começar com sua linguagem, batizada logicamente de pirahã.

Em termos de fonemas, o pirahã está no mesmo nível dos rotokas, o que o torna uma linguagem muito básica, mas uma das línguas mais bizarras do planeta também.

Ainda mais porque não tem proposição relativa, recursividade gramatical, e só conta para 2. Além disso, os pirahãs têm o sistema de parentesco mais básico do mundo, já que eles são aproximadamente irmãos e irmãs. Isso mesmo! Todo o pessoal desse lugar é um irmão do outro.

6 – A Tuyuca Tucanoana

Essa é mesmo uma das línguas mais bizarras que já vimos. A tuyuca tucanoana é do ramo oriental, falada na Amazônia, Colômbia e Brasil. Essa mistura de um monte de “não entendi” com “sei lá o que é isso” é talvez uma das línguas mais difíceis do mundo.

Por que? Você provavelmente irá perguntar. Bem, porque não tem menos de 140 gêneros diferentes, todos extremamente precisos.

7 – A Pawnee

A língua indígena Pawnee, da família de línguas caddoanas. Esse idioma é falado pela tribo indígena de mesmo nome nos Estados Unidos. O pawnee funciona um pouco como Lego.

Basicamente para fazer uma palavra, você pega outras palavras e cola-as umas às outras. Para dizer “é meu”, você diz, por exemplo, “kutatii’i”, que é a contração de dois morfemas, um indicando a posse e o outro, o fato de existir. Isto é chamado de uma língua polissintética, como na Europa Basco e línguas fino-úgricas.

8 – A sentinela

Para dizer a verdade, não sabemos realmente se é um idioma cheloue, pois ninguém nunca teve a chance de ouvir uma palavra. Nós apenas sabemos que aqueles que falam isso, os Sentinelas, vivem na ilha de Sentinela do Norte, nas Ilhas Andaman (Índia), e que eles são um dos últimos povos ainda completamente isolados do resto do mundo.

E por um bom motivo: eles repeliram, com flechas e às vezes mais, todos os pesquisadores e curiosos que tentaram se aproximar de sua ilha nos últimos anos. Além de terem uma das línguas mais bizarras do planeta, ainda são o povo mais bizarro do planeta também. Seria por qual motivo? Preservação da espécie?

 

Posts relacionados