Você Sabia?

9 hábitos de paquera que podem causar problemas em outros países

Se algum dia você viajar pelo mundo e perceber que um dos habitantes locais pode ser o seu amor verdadeiro, o próximo passo é geralmente convidá-lo(a) para sair. No entanto, a etiqueta e tabus de namoro não são iguais para todos. Certas maneiras pelas quais as pessoas flertam em sua terra natal que são consideradas fofas ou até românticas podem causar uma cena no exterior. Gostamos de aprender sobre o mundo e admiramos o amor! Portanto, vamos alertar você com esta lista de hábitos de paquera que podem causar problemas ao redor do mundo.

1. Demonstrações públicas de afeto

10 hábitos de paquera que podem causar problemas em países estrangeiros

Lembra que, no ensino médio, as crianças que eram flagradas abraçando e beijando no corredor tinham problemas? Em alguns países, essa é a norma nas ruas com vários graus de severidade.

Em alguns lugares como o Japão ou a Coreia, isso pode ser considerado altamente rude. Em outros lugares, pode ser extremamente controverso. Algumas pessoas aprenderam isso da maneira mais difícil, sendo presas por beijar em público enquanto estavam na Arábia Saudita ou em outros países árabes.

2. Nenhuma demonstração pública de afeto

Se você acha que existem várias regras para ajudar você a sobreviver nos círculos sociais de todos os países, você está certo. Existem muitas culturas em que as pessoas devem ser publicamente afetuosas, mesmo quando lidam com amigos. Em muitos países da América Central e do Sul, onde as pessoas geralmente se cumprimentam com beijos nas bochechas, não ser muito carinhoso em público pode fazer você parecer frio e sem emoções.

3. Dividir a conta

10 hábitos de paquera que podem causar problemas em países estrangeiros

Geralmente, no oeste, dividir uma conta é um compromisso perfeito. Tradicionalmente, esperava-se que os homens pagassem pelas mulheres, mas muitos acham isso ofensivo, pois implica que as mulheres não podem cuidar de si mesmas.

Na Coreia do Sul, no entanto, dividir a conta é visto como um insulto, já que isso é algo que as pessoas fazem com os amigos. Geralmente, espera-se que quem ganha mais dinheiro pague, o que significa que é perfeitamente aceitável socialmente que as mulheres paguem pelos namorados.

4. Trazer um acompanhamento para casamentos e festas

Nos EUA, os convidados do casamento estão entrando em um campo de batalha. Participar sem um encontro é uma gafe social e a maneira mais rápida de fazer com que seus amigos e familiares entrem em contato com o casamenteiro local.

No Reino Unido, no entanto, é melhor ir a esses grandes eventos da vida sem um acompanhante, já que é onde as pessoas solteiras se conhecem. Alguns convites de casamento exigem que convidados solteiros participem sozinhos. Afinal, em algumas culturas, os casamentos são o evento social da temporada!

5. Beijar

10 hábitos de paquera que podem causar problemas em países estrangeiros

Você pode pensar que já cobrimos isso com nosso segmento sobre demonstrações públicas de afeto, mas na verdade é bem complicado. Em algumas culturas, diferentes tipos demonstrações vêm com suas próprias formas de etiqueta. Em alguns países europeus, como Alemanha ou Polônia, é melhor abraçar seu encontro; beijar é geralmente reservado para relacionamentos mais sérios.

6. Ir a um restaurante chique

Os estadunidenses  geralmente gostam de ir com tudo para um encontro. Ir ao McDonald’s para um encontro geralmente só é permitido se você e seu parceiro ainda estão no ensino médio… ou se vocês são um casal fofo e idoso.

Na Suécia, as pessoas gostam de ir a “encontros de treino”, também conhecido como “fika”, antes de chegar a lugares chiques, geralmente indo a uma confeitaria ou tomando uma xícara de café.

7. Abrir um presente na frente de quem deu

10 hábitos de paquera que podem causar problemas em países estrangeiros

No fundo, os presentes são uma maneira importante de mostrar a alguém que você se importa. No ocidente, é importante mostrar que você é grato pelo que recebeu e nem abrir pode ser considerado extremamente rude.

Em alguns países asiáticos como China ou Índia, no entanto, é mais respeitoso não abrir um presente na frente da pessoa que o deu a você. De fato, abrir um presente muito rapidamente pode fazer uma pessoa parecer gananciosa.

8. Hábitos alimentares

Se você quiser compartilhar comida em um encontro, verifique se sabe a maneira correta de comer com antecedência. Muitos países têm tabus sobre certas maneiras de comer, especialmente ao compartilhar uma refeição.

No ocidente, ao compartilhar comida, geralmente é mais educado movê-la com utensílios do que com a mão. No Japão, no entanto, é considerado inapropriado distribuir comida com seus pauzinhos, já que essa ação está fortemente associada a funerais. Na China, tenha cuidado ao comer seu macarrão, quebrar um deles é considerado azar e chupá-los é considerado adequado.

9. Dar flores

10 hábitos de paquera que podem causar problemas em países estrangeiros

O simples ato de dar flores para seu encontro pode não ser um problema em si… na Rússia, por exemplo, os homens devem dar às mulheres um belo buquê de flores, contanto que seja um número ímpar delas. Um número par de flores é reservado para funerais.

Até a história mostra como as flores podem ser complicadas. Na era vitoriana, enviar rosas amarelas para alguém poderia ser um insulto, pois se pensava que elas representavam ciúmes e infidelidade. Ainda hoje, embora simbolizem a amizade, elas podem indicar para um encontro que você apenas pensa nele como um amigo.

Quais são alguns hábitos de paquera comuns que colocaram você em problemas com um encontro no exterior? Por favor, compartilhe nos comentários!

Continuar lendo

Posts relacionados