Você Sabia?

Chorar: você sabe por qual motivo as pessoas se emocionam?

Ciência 30 julho 2018 Postado por:

Algumas pessoas têm lágrimas fáceis, e chorar na frente de um filme, ou em situações tocantes é algo corriqueiro para elas.

Em geral, considera-se que essa expressividade pertence ao mundo feminino e que é uma sinalização de fragilidade.

No entanto, essa visão é completamente falsa: chorar também faz parte do dia a dia de pessoas consideradas emocionalmente estáveis e fortes.

Não existe nada de vergonhoso em chorar. É uma ação natural a uma estimulação que faz as lágrimas escorrerem pelas nossas bochechas e que muitas vezes até tentamos esconder.

Geralmente acontece porque consideramos que choramos apenas tristeza, mas nós não podemos chorar de alegria?

Chorar na frente de um filme é empatia

Um filme nos expõe um enredo fictício que nos traz emoções reais. Se chorarmos, isso mostra que podemos demonstrar complacência com os personagens que estão envolvidos na ação.

Nós nos colocamos em seu lugar, sentimos coisas como eles, inclusive a realidade por meio de sua perspectiva.

Também abandonamos nossos conceitos para adotar os deles. Tudo isso nos permite compreender a situação e o que se passa no íntimo.

Mas, espere aí… Será que existe alguma explicação lógica para isso? Bom, é certo que a carga emocional de um filme está diretamente relacionada com o nosso cérebro liberando a ocitocina.

Estudos já descobriram que esse hormônio contribui para que nos conectemos, nos tornando mais bondosos, mais simpáticos, mais complacentes.

O choro não é, portanto, uma forma de fraqueza, e sim de sinergia, pois prova que sabemos como nos conectar com os demais.

Prova também que podemos sentir as emoções dos outros; assim, nós nos destacamos como pessoas estáveis e emocionalmente fortes.

Chegado a este ponto, fica esclarecido que o choro não nos torna mais fracos; é um mito!

Segurar as lágrimas… Isso sim é sinal de fraqueza.

Curiosidades sobre as lágrimas

Embora essa experiência pareça universal, pouco se sabe sobre as lágrimas.

Então, para entendermos um pouco mais sobre esse processo, coletamos 12 fatos pouco conhecidos das lágrimas. Leia-os e chore.

1. Não há um tipo de lágrima

Todas as lágrimas não são feitas da mesma maneira.

Lágrimas basais são aquelas presentes em nossos olhos constantemente, que permitem a lubrificação, nutrição e proteção para os olhos.

O segundo tipo de lágrimas, chamadas de lágrimas reflexas, são formadas para proteger os olhos de irritantes como vento, fumaça ou cebola.

E parece natural sugerir que esses dois tipos de lágrimas tenham um composto químico diferente.

O terceiro tipo de lágrimas inclui aquelas com as quais estamos mais familiarizados, aquelas que são derramadas após um estimulo emocional.

2. Os pesquisadores não sabem exatamente porque choramos

Mas as teorias são abundantes.

Do lado dos evolucionistas, alguns cientistas sugerem que os humanos choram para relatar aflição, mas sem fazer barulho, como um grito.

Pode-se imaginar que haveria uma pressão de seleção para desenvolver um sistema de sinais que não permitisse que os predadores soubessem que alguém é vulnerável.

Como os comportamentos humanos se desenvolvem com o tempo, geralmente começam atacando mais de um objetivo.

Outra razão pela qual os humanos choram, é para apontar que há um problema ou pedir conforto ao nosso redor.

Chorar é uma maneira de obter apoio dos outros em momentos de aflição. As crianças choram para atrair a atenção de seus pais, enquanto um adulto pode chorar para atrair a compaixão de outra pessoa.

Também pode levar a uma resolução de conflitos mais rápida no meio de um argumento.

Chorar parece levar a culpa, e isso por si só pode ser um mecanismo evoluído para salvar os relacionamentos do sofrimento.

É difícil punir ou discutir com alguém que está chorando. É como um clique que faz você desistir.

3. A composição bioquímica das lágrimas é semelhante à da saliva

E, entre outras coisas, eles são compostos de proteínas, sal e hormônios.

4. As mulheres realmente choram mais que os homens

Estima-se que as mulheres choram quase 5 vezes mais que os homens no período de um mês.

No geral, a sessão de choro média dura 6 minutos para uma mulher, ao contrário de 2 a 4 minutos para um homem.

O choro se transforma em soluços em 65% para as mulheres, contra apenas 6% nos homens.

Mas essa grande diferença de gênero pode ser cultural e variam de acordo com as características específicas do país.

Surpreendentemente, nas culturas ocidentais, onde há mais liberdade e tratamento igual para mulheres, mulheres choram mais do que em culturas mais tradicionais.

Isso acontece enquanto homens de diferentes culturas são menos resistentes as lágrimas.

Essa visão geral questiona fortemente o fato de que o choro seria apenas um sintoma involuntário, reflexo, que resultaria de certos sentimentos.

A biologia também pode entrar em jogo. As mulheres são biologicamente projetadas para derramar mais lágrimas do que os homens.

Sob o microscópio, as células lacrimais da mulher parecem diferentes das dos homens. Além disso, o ducto lacrimal masculino é maior do que o feminino.

Por isso, se um homem e uma mulher derramam uma lágrima, ao mesmo tempo, as lágrimas das mulheres escorrem mais rápido pelo seu rosto.

5. As lágrimas vêm da glândula lacrimal

E é na parte externa do topo do olho. Quando um excesso de lágrimas é produzido, ele flui em pequenos dutos para a cavidade nasal.

E se você tiver muitas lágrimas para derramar, elas sairão dos seus olhos.

6. Existe uma razão anatômica pela qual o choro faz seu nariz correr

O nariz escorre porque as lágrimas passam pelas passagens nasais. Já as dores de cabeça que podem ocorrer após uma sessão de choro não são tão fáceis de explicar.

Isso tem a ver com a desidratação, por causa da água que se perde com lágrimas, e também porque os músculos tendem a se contrair quando estamos chateados.

7. O óxido propanetial é a razão pela qual as cebolas fazem você chorar

Esse é um composto químico irritante que estimula a glândula lacrimal e faz você chorar.

8. Nossas lágrimas podem enviar sinais para os outros

A testosterona e excitação sexual invadem o homem depois de sentir as lágrimas de uma mulher.

Há um sinal químico nas lágrimas dos homens, e pelo menos uma das coisas que o sinal químico faz é reduzir a excitação sexual.

9. Lágrimas de crocodilo são reais

Os crocodilos realmente choram – mas não porque estão tristes. Embora a causa exata das lágrimas permanece indeterminada, estudiosos dizem que não é dor.

Na verdade, parece que eles estão chorando o tempo todo.

Sua função é – como para nossas próprias lágrimas – lubrificar o olho. Isso pode ser ainda mais importante para os crocodilos porque eles têm uma terceira pálpebra.

10. O famoso “chora, te fará bem” não é um mito

Existe uma qualidade catártica encontrada no ato de chorar. E o fato de você se sentir bem depois de chorar vem da situação social.

Se você chorar com pessoas que o apoiam, em um ambiente caloroso, você estará mais propenso a se sentir bem do que se tentar (sem sucesso) prender suas lágrimas em um lugar onde se sinta vulnerável, ameaçado ou envergonhado.

Alguns pesquisadores sugerem que as lágrimas emocionais, ao contrário das lágrimas basais e das lágrimas reflexas, contêm hormônios do estresse, que o corpo é capaz de eliminar durante o processo de choro.

Outra teoria é que o choro faz com que o corpo libere endorfinas de bem-estar (as mesmas que você libera quando está se exercitando).

11. Lágrimas de alegria não são tão diferentes das lágrimas de tristeza

Uma das possibilidades é que chorar de felicidade não é tão diferente de chorar de tristeza. O que os dois têm em comum é um período de intensa excitação emocional.

De fato, algumas áreas do cérebro associadas à excitação emocional, incluindo áreas do hipotálamo e gânglios da base, estão ligadas a uma seção do tronco cerebral chamada núcleo lacrimal que estimula a produção de lágrimas.

As lágrimas ajudam o corpo a retornar a um estado de homeostase depois de ser estimulado demais – seja positiva ou negativamente.

Logo após esse pico de excitação, as lágrimas poderiam ajudar a trazer a pessoa de volta a um nível básico de funcionamento.

12. Algumas pessoas são mais propensas a chorar do que outras – mas entender por que isso é menos óbvio

Outros fatores que podem diminuir o limiar – abaixo do qual se começa a chorar – incluem o nível de estresse ou o estado de espírito, as flutuações dos hormônios, a saúde mental e a fadiga.

Agora que você tem conhecimento desses fatos sobre as lágrimas, responda: você também chora quando vê uma cena emocionante nas telinha e telonas?

Posts relacionados