Você Sabia?

Estilista de Minnesota quer tornar as saias unissex populares novamente

Arte & Design 19 julho 2018 Postado por:

Um morador Minnesota, Estados Unidos, se sentiu tão confortável na primeira vez que vestiu uma saia que começou a pensar porque não havia mais pessoas fazendo saias unissex ou voltadas para homens. Eventualmente, ele começou a fazê-las sozinho.

Joe Quarion colocou uma saia pela primeira vez em 2013, para uma partida final de Frisbee. Os capitães da equipe ocasionalmente inventavam temas de vestuário para os jogadores, e dessa vez foram saias ou vestidos. Joe vestiu uma saia que comprara na loja de segunda mão Savers e seguiu para o campo. Era para ser uma experiência boba, mas ele percebeu que ele realmente gostava de usar uma saia e começou a investigar por que as saias dos homens não eram mais populares.

Foto: Skirtcraft

A pesquisa de Quarion revelou que as saias eram, na verdade, um item de vestuário unissex até cerca do século I d.C., quando as calças foram adotadas pelos homens principalmente porque eram mais práticas para os soldados a cavalo.

Com a invenção do motor de combustão interna, a grande maioria das pessoas parou de depender de cavalos para o transporte, mas as saias nunca voltaram como um traje unissex. Joe acha que é porque séculos sendo associadas exclusivamente às mulheres tornavam as saias mais difíceis de serem adotadas pelos homens.

“Saias são tão associadas a gênero”, Joe Quarion disse ao site City Pages. “Elas são literalmente o símbolo para mulheres na porta dos banheiros”.

Foto: Skirtcraft

Mas os estereótipos não ficariam entre Joe e a sensação confortável de usar uma saia. Depois de procurar por saias unissex e não encontrar nada do seu gosto, o homem de Minnesota decidiu fazer a sua própria. Ele estava aprendendo a costurar e tinha uma boa ideia do que ele queria alcançar. Mais de 20 protótipos depois, ele surgiu com a Unaligned Skirt (“saia não-alinhada”), uma saia moderna e robusta feita de tecido pesado e com bolsos profundos e presilhas.

Depois de postar algumas fotos de sua saia unissex online e obter feedback positivo, Joe Quarion começou a acreditar que poderia ser um nicho, ainda que pequeno, para sua criação. Em 2015, ele iniciou uma campanha de crowdfunding no Kickstarter por US$ 11.500 e acabou angariando mais de US$ 16.000. Esse foi o começo de sua empresa, a Skirtcraft.

Foto: Skirtcraft

Até agora, Quarion vendeu cerca de 450 de suas saias únicas, principalmente para homens que pensam como ele, e recentemente concluiu outra campanha bem-sucedida no Kickstarter para um novo estilo de saia unissex, o Aqueous. Seu nicho ainda é muito pequeno, mas sua clientela é muito leal e satisfeita por ter um lugar onde pode comprar saias para si mesmos sem receber olhares de esguelha ou brincalhões.

Joe admite que as pessoas às vezes voltam a cabeça o veem andando de saia, mas ele afirma que ninguém teve nada negativo a dizer sobre isso ainda. E ele está confiante de que há realmente um futuro para suas saias unissex.

“Eu acho que, em termos de moda e cultura, estamos nos movendo em direção às pessoas não ficarem tão reprimidas”, disse o designer da saia.

Posts relacionados